domingo, 6 de julho de 2008

Contemplação



Olho no espelho. A face que me fita tem algumas particularidades. A pele já não é tão lisa como há anos atrás. Trago ao redor dos olhos algumas graciosas rugas, conseqüências do ato de sorrir. Nestes mesmos olhos, brilhantes, é possível vislumbrar uma profundidade adquirida com os anos; eles espelham uma infinidade de sentimentos. As vezes me pergunto se é mesmo possível entrever tudo isto no meu olhar, ou se somente eu, por saber de minhas interioridades, os identifico.

Meu olhar desliza agora para minha boca. Nela não percebo muitas diferenças. É a mesma que prefere sorrir a ostentar rictos, quaisquer que sejam os motivos que poderiam levar a eles. Ainda a percebo sequiosa por beijos, mas muito mais contida nas palavras. Atualmente ela fala menos, mas o faz com mais precisão.

Observo meu queixo. Voluntarioso... mas isso sempre foi. Hoje, talvez, erga-se menos arrogantemente do que antes; entretanto, mostra a mesma força, empregada mais em situações que a requerem do que em embates juvenis, muitas vezes desnecessários.

Olho no espelho. Gosto do rosto que me fita. Gosto das pequenas marcas, emblemáticas que são de uma vida rica em história. Gosto da mulher por trás do rosto. Gosto de mim.


Crédito de imagem: Maria Pleshkova

14 comentários:

Jorge Alberto disse...

A inclemência da passagem do tempo pode parecer madrasta. Isto se dá para quem viveu centrada(o) na aparência, no invólucro, na fantasia da Fonte da Juventude ou imaginando Fausto.

As marcas no rosto, assim como as que caracterizam as que estão na face do velho marinheiro, que sabe que cada uma delas foi uma borrasca vencida, uma calmaria despendida, mas o sorriso sempre demonstra a volta ao porto seguro.

Etelvina de Oliveira disse...

Lú,

Eu também gosto.
Gosto de você do jeitinho que você é.
Já andei olhando esse espelho.
Vi tudinho que você viu.
Na época até fiz uma poesia. kkkk
Depois conclui que espelhos mostram nosso interior, revelam segredos que, muitas vezes, até os mais próximos não vêem.
Prefiro as fotos.
Essa do seu blog mostra um sorriso lindo, uma mulher cativante.


Aboli os espelhos.

beijo

O Sibarita disse...

Pois é, né fia? kkk O tempo, o espelho, o amadorecimento e a sabedoria... Valha-me Deus! kkkkk

Sua menina você escreveu isso ai, foi? kkk Oi eu nem espelho tenho em casa, o último que tive olhou para mim e no mais displante disse: Rapá! Como você está ficando velho!!! Se cuide viu, fiu? Assim como você ta indo, despencando, que nem caixo de banana madura é ribanceira abaixo, como sou seu espelho e não quero perde-lo estou lhe alertando, se rete não que você é gente boa! E ainda deu gargalhadas. Miséravel esse espelho meu! kkkk Piquei ele fora que não sou besta! kkkkkkk Mesmo assim, ainda, arreliou. Jogado no mato ainda ouvi sua voz: Vai, veinho! kkkkkkkkkkkkkk Eu voltei para quebrar ele todo, ele me saiu com essa:
-Vai me quebrar, veinho?
-Vou sim!
-Ah meu véio dou uma azar retado se me quebrar, ocê que sabe da sua vida... rsrs
-??? (pensativo: será verdade? E Se for? Tô lenhado!)
-Oi, é minha vingança, você quando era novinho era engraçado, gente boa mesmo, agora, envelhecido ta um véio chato retado, cheio de tric-tric... sei não viu? Esse ai é pé na cova... rsrsrss
-Seu espelho, deixe de onda comigo.
-Que onda o que? Vá, me quebre, quebre que eu quero ver! Você nunca mais vai ter ninguém nem mesmo a viúva é a praga que lhe jogo! rsssrs
-Meu Deus do céu me acalme...
-Acalmar? Eu quero é que você me quebre, isso sim! rsrs
-Oi, seu espelho, va se lenhar que vou embora, viu?
-Ô vai! Tá com medo? E se dê por feliz por eu não pedir idenização pelo meu tempo de serviço, vou procurar um advogado,se prepare, véio esclerosado!
-Eu vou é me picar, que espelho miséravel é esse? Deus do Céu! kkkk Olha o que fui arranjar mantendo um espelho por mais de 30 anos, ei você ai cuidado... kkkkkk

Lúcia, o envelhecer faz parte, se por um lado ficamos velhos por outro ganhamos experiência. Quanto o estético filosófico do corpo, ou seja, a boniteza exeterna se mantem ou tenta com exercícios, caminhadas. Se bem que para mim o que vale é a boniteza interna, essa é que conta mais que a externa.

Dona moça Lúcia a senhora está se revelando uma excelente contista, contos rápidos e caceteiros... aiaiaia! kkkkkkk

O tempo é o instante que passa...

A viúva não pode se queixar! kkkk

bjs
O Sibarita

Lucia disse...

Jorge:

Minha avó costumava dizer que lata vazia só faz barulho..rs.Sou obrigada a concordar com ela: nem sempre a mais bonita embalagem é a que possui o melhor conteúdo. Não que eu desconsidere a importância do invólucro; não é o caso, em absoluto. Acho apenas que interior e exterior devem formam um conjunto harmônico. Portanto, nada mais coerente do que esperar que o rosto reflita o amadurecimento da vida, o que não me causa, em absoluto, nenhum tipo de conflito.
Um beijo

Lucia disse...

Etel, Etel, Etel..rs:

Cadê a poesia? Quero ver!!
Olha, mocinha,os espelhos mostram a vida que pulsa dentro de nós. A mesma vida que você tão bem derrama quando escreve. Fotos são legais, mas nos mostram estáticas. Você tem tanta coisa linda aí dentro de você... então, não tenha medo. Encha a casa de espelhos e olhe-se: você é linda e merece ser vista.
Beijos, querida

Lucia disse...

Sibarita:

Segunda-feira, 07 de Junho de 2008.
Plantão de Atendimento/Justiça do Trabalho.

- Próximo!
...
- PRÓXIMO!!!
- To aqui.
- Ah! Um espelho.O senhor é baixo demais. Faça o favor de subir em alguma coisa, porque o meu tempo é curto e não posso ficar procurando o reclamante.
- Certo, moço, desculpe.
- Muito bem, qual é o seu caso?
- O meu? É sério. Trabalhei mais de 30 anos prá um certo baiano. Dia após dia fui vendo o tal despencando bem ali, na minha frente. Valha-me Deus!! Então, só porque eu disse prá ele que tinha que dar um jeito porque nem eu aguentava mais olhar naquela cara, virou bicho! Me voou longe! E ainda o tal, esclerosado de tudo, queria me quebrar. Se não sou esperto, tinha virado pastilha.
-Hum! Que desgraceir.. ops. Tem razão, é muito sério. E o senhor está requerendo o que?
- Bom, eu quero indenização por tempo de serviço,por maus tratos e também por terrorismo psicológico, afinal, olhar aquilo todo dia abala qualquer espelho, por mais bem estruturado que seja.
- Considero sua reclamação procedente. Vou calcular sua indenização e posso lhe adiantar que será das grandes.
- Obrigado, seu moço. Vou aguardar, então

Hehehe.. ferrei o velhinho..rs

Beijos, moço....

Etelvina disse...

AZAR O SEU.
Ninguem manda perguntar.kkkkkkk

DIANTE DO ESPELHO

Nossa!
Há quanto tempo não te vejo?
Você mudou demais!
A última vez que te vi
Eras jovem
Ferida
Senti tanta pena de ti
Que sem querer
Te abandonei
Agora te encontro
De repente
Estranha
Mudada
Fito o espelho
Estás diferente
Te aceito
Quero sersua amiga
Só assim
Fazendo as pazes com o espelho
Deixarei de ser
Sozinha

Ete
l24.12.07
D.A.

Lucia disse...

Etel:

Que lindo!! Me emocionei, aqui. Belissimo reencontro. Menina, coisa rara: me deixou sem palavras..rs
Beijos, querida. PARABÉNS!!!

Deusa Odoyá disse...

Oi minha amiga e estimada Lucia.
Deixe que o espelho de sua vida reflita sobre vc.
Não como forma estética , e sim vendo o quanto és doce e pura .
Reflita nesse espelho não os anos passados, e sim daqui para frente.
No fundo de cada alma, há tesouros escondidos, que só o nosso proprio
espelho nos faz ver.

Beijos amiga.
fique na paz.

Regina coeli.

Lucia disse...

Regina:

O mais precioso espelho é aquele que reflete o que vai dentro de nós. Este tem valor inestimável, pois não se detém nas aparências, por mais belas que sejam.
Beijos

Ivete disse...

Oi amiga!
Adorei sua descrição quando se olhou no espelho.
Ele nos mostra a cada dia aquilo que realmente somos, seja nos trejeitos do rosto, seja no querer estar bem, seja no envelhecer sem envelhecer, mas pelo aprendizado que essa imagem nos mostra e nos faz ver o quanto a vida vale a pena, o quanto é bom estarmos de frente dele e dizer; puxa consegui chegar até aqui....
bjsssssssss

Lucia disse...

Ivete:

É uma sensação gostosa que sentimos quando nos olhamos e podemos dizer:consegui chegar até aqui, e me sinto feliz. Acho que é um sentimento que nos dá cada vez mais força para ir em frente.
Beijosss

Anônimo disse...

Ai! Eu também gosto deste rosto, rsrsrs...

Adorei a parte do queixo também... voluntariosa hein, rsrsrs.

Ah! Beijos são sempre bem-vindos, não é... e o que vem depois também, não é? Rsrsrs...

Beijão e uma maravilhosa terça-feira!

Thereza.

Lucia disse...

Thereza:

A parte do que vem depois dos beijos.. ahh.. é boa demais..rs

Beijos, querida. Ótima terça para você também.