terça-feira, 29 de julho de 2008

Novos rumos





Existe um desejo
latente
de mudanças.

Existe um temor
insidioso
que teima em refreá-las.

Existe um momento
em que o desejo irrompe
torna-se fato .

Estrada aberta
caminho a ser trilhado
Existência.

Crédito de imagem: Markus Zaiser

10 comentários:

Sonia Regly disse...

Gostei muito desse poema.Vc está fera, hem???Parabéns!!!Ameeeeeeeiiiii!!! Beijinhos fofinhos.

Etel disse...

Lú,

Sinto medo de mudanças
o coração acelera
as mãos, tremulas,
parecem tatear o espaço

O novo vem
o inevitável
o sonhado
até mesmo o esperado

Não há como evitar
quando
Chega a hora, chegou!

O bom é
que depois do´
primeiro passo
a vida escoa
no tempo.
Existência.

um beijo
quando vc vier
vou te ver

kkkkkkkkkkk

Lucia disse...

Sonia:

Que bom que gostou.
Beijos para você também.

Lucia disse...

Etel:

Estou chegando..rs
Beijos

Etelvina de Oliveira disse...

Pronto, já divulguei.
Vá ver.

beijos

Lucia disse...

Etel:

Obrigada, querida. Já fui lá ver. Você inclusive divulgou a repostagem da Silvana Arriel. Muito legal mesmo.
Beijos

Sonia Regly disse...

Lúcia,
Postei sobre a Flávia.Eu não fiz um post grande, apenas copiei algumas observações da Odele no Blogg dela.Hoje não estou me sentindo bem, mas acho que dá para entender. Depois dê uma olhada e me diga se precisa mudar alguma coisa.Beijinhos e conte sempre comigo!!!!

Lucia disse...

Sonia:

Obrigada. Ficou muito legal,viu?
Beijos prá vc. Melhoras

Rai pires disse...

oi Lúcia obrigado pelo aviso,já adicionei nos meus preferenciais e também passando sobre o programa na Record.Abraços Raimundo Pires

Lucia disse...

Raimundo:

Obrigada por divulgar, viu?
Abraços para você também